Materias

No dia de Nossa Senhora de Fátima, cantora lírica de BH faz homenagem em live

Fonte: G1

O Dia de Nossa Senhora de Fátima é comemorado nesta quarta-feira, 13 de maio. Data em que os católicos celebram a primeira aparição de Maria diante da humanidade, com grandes revelações. Com igrejas fechadas devido à pandemia provocada pelo novo coronavírus, não haverá caravanas ou missas com igrejas cheias. Mas, assim como tem sido nestes tempos de isolamento social, a internet poderá ajudar os devotos a prosseguirem com a tradição de homenageá-la.

A cantora lírica Nádia Figueiredo, por exemplo, vai fazer uma live. A apresentação terá cinco músicas. E o horário foi caprichosamente escolhido: 17h45. Isso porque, 15 minutos depois, e em ponto, a soprano planeja estar cantando “Ave Maria Gounod” do compositor Sebastian Bach, considerada uma das mais famosas e gravadas sobre o texto em latim da Ave Maria. E esse horário, 18h, é conhecido pelos católicos como a “hora do Angelus” ou “toque das Ave-Marias”: o momento da Anunciação, feita pelo anjo Gabriel à Virgem Maria, da concepção de Jesus Cristo.

“Neste momento, é a maneira que tenho pra ajudar: com a minha voz”, comentou Nádia.

Mineira de Belo Horizonte, ela mora no Rio de Janeiro. Devota de Nossa Senhora, principalmente a de Fátima, frequenta a capela que é réplica do Santuário localizado em Portugal dedicado à Virgem Maria. Inclusive já se apresentou no local, que estará fechado devido às restrições. Por isso, pensou em uma maneira de celebrar a data “junto” a outros devotos.

“É muita gente que vem nos dias 12 e 13. Muitas caravanas, milhares de pessoas… Mas está fechado. Pensei em usar minha voz pra fazer este tipo de live. Pedindo intercessão dela no dia. Usar a música como oração”, contou Nádia.

Na apresentação que batizou de “Cinco Músicas Sagradas pra Nossa Senhora”, a soprano vai interpretar cinco canções, três líricas e duas populares: Ave Maria de Schubert, Ave Maria de Gounod, Ave Maria de Caccini, Ave Maria dos seus Andores (cantada por Fafá de Belém para o Papa em 2006) e Nossa Senhora (eternizada na voz de Roberto Carlos). Ela pediu a um amigo pianista fazer as bases os arranjos para cantar em cima, no tom dela.

Currículo de peso

Nádia tem no currículo apresentações ao lado do filho do Plácido Domingo e dos brasileiros Daniel e Gilberto Gil.

“Entre uma música e outra vou conversar com as pessoas. Vou pedir para se concentrarem, sentirem música no coração. Sentirem paz. E se concentrarem em Nossa Senhora”, contou.